Estamos aqui para impulsionar a transformação no mercado da saúde

Cirurgia robótica em destaque na urologia

Escrito por Letícia Nani

setembro 28, 2023

Cirurgia alternativa

Recentemente, o setor de urologia está apresentando destaque com treinamento pioneiro em cirurgia robótica no Brasil. A Faculdade de Medicina da USP é a primeira no País a oferecer treinamento em cirurgia robótica, juntamente com o Hospital das Clínicas, vinculado ao instituto. A utilização das tecnologias mais avançadas na área está sendo um dos grandes destaques do setor, que conta com considerável crescimento nessa especialidade.

William Carlos Nahas, chefe da disciplina de Urologia da Faculdade de Medicina e diretor da Clínica de Urologia e Transplante Renal do Hospital das Clínicas, comenta que a cirurgia robótica se desenvolveu e se fixou no País há 15 anos com a cirurgia urológica, sobretudo no tratamento da neoplasia da próstata. “A tecnologia robótica é um passo à frente à laparoscopia, assim, ao invés do cirurgião segurar a pinça e olhar em uma tela, as pinças são alocadas nos braços do robô e manipuladas por um joystick”, explica o especialista.

Avanços:

A partir desse sistema, portanto, o cirurgião consegue ter uma visão tridimensional do campo cirúrgico, sendo possível observar um avanço do sistema cirúrgico. “Ela possibilitou transformar e evoluir a laparoscopia, uma vez que permitiu a melhor capacidade de visualização das estruturas, melhor controle de tremores e melhor movimentação”, analisa Nahas. Ou seja, com a utilização da máquina, são disponibilizadas mais condições para a  realização de uma cirurgia mais avançada — além de contribuir com a maior ergometria do cirurgião.

O médico destaca também que a cirurgia robótica cresceu bastante em outras áreas da saúde, como na ginecologia, para o tratamento de problemas no útero. Além disso, como hoje os robôs têm a capacidade de serem mobilizados com mais facilidade, eles podem ser utilizados em maior escala. “Hoje, já foram feitos algo em torno de 120 mil procedimentos com cirurgias robóticas no Brasil”, adiciona.

Atualmente, os maiores problemas associados a esse procedimento são os custos dos aparelhos e das pinças, que fazem com que a oferta por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) seja limitada. O Hospital das Clínicas, no entanto, como centro formador, está ofertando a utilização desses aparelhos durante a residência médica. Assim, o médico em formação tem acesso às formas mais simples de tratamento e também às mais avançadas, para uma formação mais harmoniosa que possa auxiliar o enfrentamento do mercado de trabalho.

Benefícios e desafios:

Um ponto importante desse mecanismo é o fato de a cirurgia robótica reproduzir o mesmo procedimento da cirurgia aberta, com a vantagem de ser feita de uma forma minimamente invasiva. Além disso, é possível observar que a utilização dos robôs permite menos intercorrências e a recuperação do indivíduo se torna mais rápida.

Uma das dificuldades encontradas para a utilização desse sistema é o fato de os robôs ainda serem importados, fator que torna o acesso a esse serviço mais difícil. Apesar dessa complicação, Nahas destaca que todos os indivíduos tratados no Hospital da Clínicas se beneficiam do uso das máquinas. “A expectativa é que se consiga reduzir os custos para que tenhamos a possibilidade de ofertar esse tipo de atendimento para toda a população”, finaliza o médico.

Via: Jornal da USP

Acesse o site da epharma

Artigos em comum

Conhecendo a protagonista em inovação na saúde Carolina Soihet Cohen

Conhecendo a protagonista em inovação na saúde Carolina Soihet Cohen

Carolina Soihet Cohen é uma renomada especialista em Comunicação de Causas e uma das líderes do movimento global pela saúde e igualdade de acesso a tratamentos médicos. Como cofundadora da Colabore com o Futuro, ela está à frente na defesa dos direitos à saúde e na...

Conheça o Protagonista da Saúde: Alex Sanghikian

Conheça o Protagonista da Saúde: Alex Sanghikian

Na busca por entender o futuro da saúde, é crucial conhecer os visionários que estão moldando esse cenário. Entre esses líderes está Alex Sanghikian, atual gerente da área de Digital & Inovação da Sandoz no Brasil. Com mais de 15 anos de experiência na vanguarda...

Acompanhe +O2labs

+o2Labs Respire boas ideias

Sobre +O2labs

Uma plataforma própria com uma metodologia vencedora voltada exclusivamente para inovação na prática com 3 programas distintos:

  • Central de Ideias: campanhas de intraempreendedorismo para fomentar a cultura de inovação com os epharmers, nossos colaboradores.
  • epharma Disrupt: desenvolver os melhores MPVs através de squads multifuncionais e alianças estratégicas para cocriação entre experts.
  • epharma Connect: foco em inovação aberta com staturps que queiram fazer parte de nossos desafios de forma colaborativa, e conectar com outros labs para criar parcerias diversificadas e escalar MVPs.

Junte-se a nós neste mesmo objetivo! Respire boas ideias.