Estamos aqui para impulsionar a transformação no mercado da saúde

Protótipo de aplicativo Baby Date ajuda estudantes de enfermagem na primeira consulta com recém-nascidos

Escrito por Letícia Nani

janeiro 16, 2023

O cuidado com recém-nascidos é uma grande responsabilidade dos profissionais de enfermagem, que prestam os primeiros cuidados e orientam os tutores das crianças. Pensando na importância desse atendimento, um aplicativo de celular foi desenvolvido para garantir a qualidade das consultas e armazenar informações técnicas úteis aos estudantes ligados à área de puericultura. O projeto Baby Date foi elaborado pela pesquisadora Beatriz Molina Carvalho, em seu mestrado pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da USP (EERP). O próximo passo do projeto, que ainda está na fase de testes, será na pesquisa de doutorado de Beatriz, quando ela pretende aplicá-lo no ensino da enfermagem. Depois disso, a expectativa é que o Baby Date possa ser disponibilizado nas lojas de aplicativos.

A iniciativa tem como objetivo potencializar o processo de ensinoaprendizagem através da assistência ao profissional de enfermagem durante a primeira consulta na atenção básica após o nascimento. Beatriz conta ao Jornal da USP que, durante sua residência, percebeu que alguns profissionais deixavam lacunas durante as consultas de puericultura que poderiam acarretar prejuízos futuros.

“Alguns assuntos, quando discutidos na primeira consulta, podem auxiliar na redução de doenças e taxa de mortalidade infantil, como prevenção de acidentes, de agravos e amamentação”, destaca a pesquisadora.

A dissertação Aplicativo móvel sobre a primeira consulta de enfermagem ao recém-nascido na atenção básica: construção e validação foi apresentada em 24 de janeiro deste ano sob orientação da professora Maria Cândida de Carvalho Furtado, da EERP.

Com um total de 67 telas, o app conta com um menu composto de abas que abrangem tópicos relevantes para serem discutidos durante a consulta, como alimentação, saúde bucal, crescimento, desenvolvimento, sinais de perigo e prevenção de acidentes, além de sessões para a condução dos exames físicos, triagem neonatal e calendário vacinal. O aplicativo também conta com links e recomendações de materiais de aprofundamento dos assuntos tratados e uma aba com todas as referências utilizadas para a produção do conteúdo disponível.

A plataforma foi testada por estudantes e profissionais de enfermagem. Na etapa de validação do conteúdo, participaram 15 avaliadores enfermeiros dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná, que verificaram a precisão das informações contidas nas páginas. Na primeira rodada de avaliação, todos os itens presentes conseguiram uma concordância acima de 80% e quase todos alcançaram 1,00 no Índice de Validade de Conteúdo (IVC), instrumento utilizado para validar o aplicativo móvel. Após a implementação das sugestões dos enfermeiros, o trabalho conseguiu a aprovação total.

Próximos passos

Em seu doutorado, Beatriz pretende avaliar a eficácia do Baby Date no ensino de enfermagem. “Nós vamos fazer um estudo experimental: uma turma vai passar por uma disciplina sem utilizar o aplicativo e outra turma vai passar pela mesma disciplina tendo esse aplicativo como um instrumento a mais”, conta. A expectativa é de que, ao término do doutorado, o Baby Date fique disponível para download nas lojas de aplicativos após a validação de que seja um instrumento que auxilia no aprendizado.

O Baby Date foi criado a partir do Android Studio versão 4.0.1, com o Integrated Development Environment e o Intellij IDEA, e pode ser instalado em sistemas operacionais Android, além de ser totalmente responsivo a telas de tablets e celulares. Uma versão para o sistema iOS está nos planos do projeto. Edilson Caritá, coordenador de cursos da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp), e Gustavo Travaini Chinalia, aluno de graduação do curso de Engenharia de Computação da Unaerp, foram os responsáveis pelo desenvolvimento do software.

Mais informações: e-mail beatriz.molinacarv@hotmail.com, com Beatriz Molina Carvalho

Via: Jornal da USP

Acesse o site da epharma

Artigos em comum

Genética inovadora: Algoritmo do Einstein acelera diagnóstico

Genética inovadora: Algoritmo do Einstein acelera diagnóstico

O Einstein é a primeira organização da América Latina a padronizar as recomendações das principais sociedades mundiais de genômica em um algoritmo de IA adaptado às peculiaridades brasileiras para identificação de alterações de DNA associadas às doenças genéticas. O...

Paciente Digital: Parceria Inovadora em Oftalmologia

Paciente Digital: Parceria Inovadora em Oftalmologia

A Healthtech Nilo acaba de fechar parceria com a unidade de negócios de Oftalmologia do Grupo Fleury com o objetivo de acompanhar pacientes que vão passar por cirurgias de forma personalizada e humanizada. A jornada digital de fácil acesso, já que é realizada via...

Saúde em Foco: Multimorbidades em São Paulo e Desafios

Saúde em Foco: Multimorbidades em São Paulo e Desafios

O diagnóstico de duas ou mais doenças crônicas para uma mesma pessoa cresceu nos últimos 20 anos. O aumento dessa condição, conhecida como multimorbidade, acompanha o envelhecimento da população na cidade de São Paulo. Em 2015, 42,2% da população paulistana com mais...

Acompanhe +O2labs

+o2Labs Respire boas ideias

Sobre +O2labs

Uma plataforma própria com uma metodologia vencedora voltada exclusivamente para inovação na prática com 3 programas distintos:

  • Central de Ideias: campanhas de intraempreendedorismo para fomentar a cultura de inovação com os epharmers, nossos colaboradores.
  • epharma Disrupt: desenvolver os melhores MPVs através de squads multifuncionais e alianças estratégicas para cocriação entre experts.
  • epharma Connect: foco em inovação aberta com staturps que queiram fazer parte de nossos desafios de forma colaborativa, e conectar com outros labs para criar parcerias diversificadas e escalar MVPs.

Junte-se a nós neste mesmo objetivo! Respire boas ideias.