Estamos aqui para impulsionar a transformação no mercado da saúde

É preciso conectar as divulgações financeiras ao ESG

Escrito por Editor@

setembro 12, 2022

É preciso conectar as divulgações financeiras ao ESG, para orientar escolhas estratégicas, impulsionar a inovação e criar valor no longo prazo

rojeta-se que os ativos sob gestão com foco em ESG atinjam um valor de US$ 53 trilhões até 2025 e, ainda que os temas ambientais, sociais e de governança corporativa sejam cada vez mais imperativos para o sucesso dos negócios, a verdade é que o ecossistema ESG ainda é imaturo. É o que aponta nosso estudo global Como realizar todo potencial do ESG +.

Hoje, as empresas podem relatar suas ações de forma seletiva, enquanto só algumas estão mais próximas das melhores práticas de mercado, confundindo investidores e causando desconfiança em outros stakeholders, que vêm, inclusive, acusando empresas de greenwashing.

O conceito FESG + chega para calibrar a balança, conectando as divulgações financeiras ao ESG e garantindo a avaliação assertiva dos custos e oportunidades de negócios, apoiando as empresas a repensarem como usam ESG para informar escolhas estratégicas, impulsionar a inovação e articular a criação de valor no longo prazo.

Nesse sentido, apesar da imaturidade, inconsistência e desequilíbrio entre os muitos fatores que compõem o ESG, uma evolução mais rápida é possível.

Cinco ações a serem tomadas, com base em melhores informações

Envolva-se com os stakeholders: pesquisas anteriores mostraram que a pressão de clientes, funcionários e ativistas aumenta a transparência dos relatórios de sustentabilidade, mas ações e mudanças tangíveis também estão em alta.

Envolva-se com a pressão do investidor: os investidores estão cada vez mais impacientes em exigir mudanças estratégicas. Hoje, 89% dos investidores institucionais nos principais mercados dizem que as empresas com forte desempenho ESG merecem uma avaliação premium para o preço de suas ações e 90% concordam que as empresas que priorizam iniciativas ESG representam melhores oportunidades para retornos de longo prazo, em comparação com as empresas que não o fazem.

Tenha sua narrativa FESG +: as empresas podem se preparar para os tipos de divulgação que serão exigidos e para aqueles que atenderão melhor às suas partes interessadas. As divulgações estabelecidas e apoiadas pela iniciativa WEF IBC são um bom ponto de partida. As empresas também têm a oportunidade de definir como alvo, medir e relatar fatores que vão além do comprometimento net zero, como parte de sua narrativa única.

Entenda seus dados: assim como crescem as demandas por garantia independente de dados não financeiros, também cresce a necessidade de as empresas melhorarem a maneira como coletam, agregam e assumem a responsabilidade de gerenciamento por seus próprios dados. Se os dados forem usados ​​no diálogo formal com investidores e outras partes interessadas ou na avaliação da remuneração dos executivos, sua veracidade torna-se ainda mais importante.

ESG não é uma atribuição apenas do time de Sustentabilidade: para incorporar com sucesso os fatores FESG + nas decisões em todas as partes da organização, do desenvolvimento da estratégia à execução, da inovação de novos produtos à fabricação e distribuição, serão necessários novos modelos de liderança que permitam às empresas abraçar a complexidade e responder ao desafio de forma eficaz.

Resumo

Apesar de o ESG ser cada vez mais imperativo para o sucesso dos negócios, seu ecossistema ainda é imaturo. O conceito FESG + chega para conectar as divulgações financeiras ao ESG, garantindo a avaliação assertiva dos custos e oportunidades de negócios e orientando empresas a conduzirem o ESG de forma estratégica.

Via: EY

Acesse o site da epharma

Artigos em comum

Conhecendo a protagonista em inovação na saúde Carolina Soihet Cohen

Conhecendo a protagonista em inovação na saúde Carolina Soihet Cohen

Carolina Soihet Cohen é uma renomada especialista em Comunicação de Causas e uma das líderes do movimento global pela saúde e igualdade de acesso a tratamentos médicos. Como cofundadora da Colabore com o Futuro, ela está à frente na defesa dos direitos à saúde e na...

Conheça o Protagonista da Saúde: Alex Sanghikian

Conheça o Protagonista da Saúde: Alex Sanghikian

Na busca por entender o futuro da saúde, é crucial conhecer os visionários que estão moldando esse cenário. Entre esses líderes está Alex Sanghikian, atual gerente da área de Digital & Inovação da Sandoz no Brasil. Com mais de 15 anos de experiência na vanguarda...

Acompanhe +O2labs

+o2Labs Respire boas ideias

Sobre +O2labs

Uma plataforma própria com uma metodologia vencedora voltada exclusivamente para inovação na prática com 3 programas distintos:

  • Central de Ideias: campanhas de intraempreendedorismo para fomentar a cultura de inovação com os epharmers, nossos colaboradores.
  • epharma Disrupt: desenvolver os melhores MPVs através de squads multifuncionais e alianças estratégicas para cocriação entre experts.
  • epharma Connect: foco em inovação aberta com staturps que queiram fazer parte de nossos desafios de forma colaborativa, e conectar com outros labs para criar parcerias diversificadas e escalar MVPs.

Junte-se a nós neste mesmo objetivo! Respire boas ideias.