Estamos aqui para impulsionar a transformação no mercado da saúde

LIVE: Saúde mais acessível por meio da tecnologia

Escrito por +o2labs

junho 9, 2022

Diante da maior crise sanitária do século, os sistemas público e privado tiveram que se adaptar para enfrentar os desafios inéditos trazidos pela covid-19, e a saúde ganhou uma centralidade ainda maior na vida de todos. Para superar as limitações impostas, a tecnologia virou uma aliada importante: a aceleração digital do setor, a ampliação da telemedicina, a oferta de serviços em domicílio, a customização da experiência e o uso de big data e inteligência artificial na análise de diagnósticos e ações preventivas, por exemplo, são algumas das transformações que vieram para ficar.

Parte de tanta inovação vem das healthtechs, que se multiplicaram e atraíram cada vez mais a atenção de consumidores e o interesse de investidores. As startups têm desenvolvido soluções para tornar os serviços de saúde mais ágeis, eficientes e principalmente acessíveis à população. Tudo a um clique no celular.

Todas essas questões foram debatidas na Live Bússola “Healthtechs: saúde mais acessível por meio da tecnologia” com a participação de Gustavo Mariozzi, COO da Beep Saúde, Mávio Bispo, CEO e cofundador da Viziomed, Michael Ruah, CEO e cofundador da SouSmile e Priscila Siqueira, Líder do Gympass BR. A mediação foi do jornalista Rafael Lisbôa, diretor da plataforma.

Gustavo Mariozzi destaca que a pandemia acelerou a adesão de tecnologias que antes não eram muito aceitas. Para a Beep, a tendência é aumentar cada vez mais os serviços oferecidos e as regiões de atendimento. “Queremos ser uma one-stop-shop de saúde nos próximos anos, com mais serviços agregados dentro de uma mesma plataforma para que as pessoas pensem em saúde e já lembrem da Beep. Pretendemos ser a startup que resolve todo os problemas de saúde de forma integral e em poucos cliques”, afirma.

Priscila Siqueira, líder do Gympass no Brasil, conta como a pandemia fez com que a startup mudasse o modelo de negócio da empresa. “Quando tivemos o lockdown, o Gympass não tinha nem produto para oferecer. O produto era ir à academia e aos estúdios. Criamos uma solução muito rápida para que houvesse uma digitalização das academias e dos personal trainers, com opções para que os clientes finais pudessem continuar se exercitando dentro de suas casas, ou seja, a pandemia também trouxe o híbrido para a área do bem-estar.”

A companhia expandiu sua atuação, com aplicativos e profissionais parceiros que olham para diferentes âmbitos: atividade física, saúde mental, nutricional e financeira. “Hoje as empresas podem oferecer um produto que, independentemente de onde estejam os colaboradores.”

Mávio Bispo, da Viziomed, destaca como a tecnologia a serviço da saúde pode ultrapassar barreiras. Segundo ele, o setor de saúde se digitalizou bastante, mas os exames de imagem ainda usam um processo muito analógico, com laudos que levam até 30 dias. Com isso, o impacto é enorme, diagnósticos se perdem e até mesmo os pacientes deixam de buscar os resultados.

“Estamos próximos das empresas que buscam olhar e cuidar da saúde de seus colaboradores. Assim, eles conseguem fazer um trabalho de acompanhar, de fato, a saúde dos funcionários e reduzir custos com assistência à saúde. O tratamento do câncer de pulmão, por exemplo, tem um custo muito menor quando feito no estágio inicial da doença. Quando isso passa para um estágio mais avançado, o custo pode ser até cem vezes maior”, diz.

O CEO e cofundador da SouSmile, Michael Ruah, explica como a startup tem buscado democratizar o acesso da população ao tratamento com aparelhos invisíveis. No Brasil, 45 milhões de pessoas têm problemas de má oclusão dos dentes, e apenas 2 milhões de casos para tratamento são iniciados por ano. Destes, só 4% são feitos com aparelho invisível, que tem, entre os benefícios,  ser mais previsível, discreto e higiênico.

“O preço era proibitivo para a maioria da população. Com a tecnologia, conseguimos deixar o valor 70% mais acessível em comparação com outros players do mercado. Além disso, conseguimos superar a barreira geográfica: estamos em mais de 50 cidades com o apoio dos dentistas parceiros.”

Para ele, a tecnologia tem um papel importante para garantir o encantamento dos clientes da SouSmile. Segundo Michael, as principais aplicações da tecnologia para essa classificação são: um aplicativo que auxilia a jornada do paciente; dentistas disponíveis para tirar dúvidas 24×7 e a produção dos próprios aparelhos com uso de, por exemplo, um braço robótico para cortar os alinhadores, o que permite a redução de custos e garantia de qualidade de excelência no produto.

Para o empreendedor, a maior mudança que a companhia teve com a chegada da pandemia foi o formato híbrido. “Em março de 2020 veio o lockdown, e as nossas lojas, que ficam a maioria dentro dos shoppings, ficaram fechadas. Como tínhamos milhares de pacientes que precisavam seguir com o tratamento, demos início a consultas virtuais e criamos no nosso site a avaliação pré-tratamento online. Isso virou parte do nosso modelo mais perene e a telemedicina, de uma forma geral, é algo que deve perpetuar mesmo com o fim da pandemia, trazendo um leque muito maior de possibilidades para os pacientes”, finaliza.

Acesse o site da epharma

Artigos em comum

Genética inovadora: Algoritmo do Einstein acelera diagnóstico

Genética inovadora: Algoritmo do Einstein acelera diagnóstico

O Einstein é a primeira organização da América Latina a padronizar as recomendações das principais sociedades mundiais de genômica em um algoritmo de IA adaptado às peculiaridades brasileiras para identificação de alterações de DNA associadas às doenças genéticas. O...

Paciente Digital: Parceria Inovadora em Oftalmologia

Paciente Digital: Parceria Inovadora em Oftalmologia

A Healthtech Nilo acaba de fechar parceria com a unidade de negócios de Oftalmologia do Grupo Fleury com o objetivo de acompanhar pacientes que vão passar por cirurgias de forma personalizada e humanizada. A jornada digital de fácil acesso, já que é realizada via...

Saúde em Foco: Multimorbidades em São Paulo e Desafios

Saúde em Foco: Multimorbidades em São Paulo e Desafios

O diagnóstico de duas ou mais doenças crônicas para uma mesma pessoa cresceu nos últimos 20 anos. O aumento dessa condição, conhecida como multimorbidade, acompanha o envelhecimento da população na cidade de São Paulo. Em 2015, 42,2% da população paulistana com mais...

Acompanhe +O2labs

+o2Labs Respire boas ideias

Sobre +O2labs

Uma plataforma própria com uma metodologia vencedora voltada exclusivamente para inovação na prática com 3 programas distintos:

  • Central de Ideias: campanhas de intraempreendedorismo para fomentar a cultura de inovação com os epharmers, nossos colaboradores.
  • epharma Disrupt: desenvolver os melhores MPVs através de squads multifuncionais e alianças estratégicas para cocriação entre experts.
  • epharma Connect: foco em inovação aberta com staturps que queiram fazer parte de nossos desafios de forma colaborativa, e conectar com outros labs para criar parcerias diversificadas e escalar MVPs.

Junte-se a nós neste mesmo objetivo! Respire boas ideias.